Meditação como exercício espiritual e de saúde relaxamento meditação mindfullness atenção pelana e concentrativa

Meditação como exercício saudável e espiritual

Você sabia que você pode pratucar a meditação como exercício saudável e espiritual? De acordo com o budismo, uma pessoa pode alcançar o “Nirvana” ou o estado mais alto de iluminação através da meditação contínua e da participação no serviço diário do Buda, entre outras coisas. Com o tempo, muitas pessoas se beneficiaram com a prática da meditação.

meditacao budista nirvana relaxamento monge transcendental

A meditação, praticada por monges e praticantes budistas, tornou-se uma ferramenta espiritual e um aprimorador da saúde. Mais do que apenas os cânticos e a postura meditativa, a meditação é a respiração e concentração adequadas dos pensamentos. Como prática espiritual e saudável, a meditação ganhou destaque séculos atrás no Oriente, onde a vida e a cultura das pessoas exigiam uma maneira de “escapar” das realidades da vida.

Como sabemos se já estamos em estado de meditação ou apenas perdendo tempo com os olhos fechados? A meditação é um estado de espírito que leva à paz interior, auto-realização, auto-aperfeiçoamento e desenvolvimento de uma perspectiva positiva na vida. Existem dois tipos de meditação; o tipo concentrativo e o de atenção plena. Concentrado é mais sobre a concentração da pessoa, sentada quieta e calmamente seguindo bons padrões de respiração. Dizem que a mente de alguém está um pouco conectada à respiração do ar. O ritmo contínuo da inspiração e expiração da respiração fará com que a pessoa se sinta mais calma e relaxada, concentrando-se no fluxo constante de ar que entra e sai do corpo. Isso fará com que a mente fique mais consciente e tranquila ao mesmo tempo. A atenção plena, por outro lado, envolve atenção e consciência ao passar uma onda de sensações, imagens, sentimentos, pensamentos, sons, cheiros, qualquer coisa com a qual seu corpo possa interagir. Isso, por sua vez, dará à pessoa um estado mental não reativo, como acontece, por exemplo, quando ela assiste a uma televisão, sem nenhum sentimento ou pensamento que possa incomodá-lo.

Meditação e relaxamento costumam andar de mãos dadas. Em estudos científicos, ficou comprovado que existem benefícios à saúde na prática desse tipo de atividade. Por estar em um estado mental relaxado, a pessoa também atinge o seu estado alfa, o qual é um nível de consciência que promove a boa cura. O relaxamento em uma pessoa é altamente recomendado, pois as pessoas estão sempre em movimento e pensando e ao estar relaxado, se pode relaxar também o corpo e a mente que, eventualmente, melhorarão nosso bem-estar.

Meditação como exercício saudável e espiritual

Sabendo tudo isso, pode-se ver a conexão de fatores científicos e religiosos, tudo por causa da meditação. De fato, essa atividade mostra uma filosofia única que pode realmente ajudar a si próprio. Ao praticar esse tipo de processo de relaxamento, a pessoa vê o eu mais profundo em sua plenitude. Isso ajuda a pessoa a lidar com as dificuldades externas, vendo tudo isso e de certa forma se torna humilde e calmo ao lidar com as situações. Esse estado relaxado de meditação permite que a pessoa ajude a si mesma em termos de saúde, pois isso pode aliviar dores de cabeça simples, estresse ou até ansiedade leve. Esse tipo de atividade traz à tona a pessoa real dentro você e todos os seus potenciais desconhecidos. Meditando, você terá uma sensação de calma e atingirá um estado positivo de consciência. Não há fatos conhecidos de que isso possa ser prejudicial para você. Por que você não tenta?

Leia também: Yoga: conexão com a mente, corpo e espírito

Se gostou de conhecer mais sobre a meditação como exercício saudável e espiritual comente embaixo e compartilhe nas redes sociais.

Amém,  Shalom, Axé, Namasté, Haux, Aloha, Optchá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *